COACH DO DIA: A CURA DEFINITIVA.

CURA ETERNA

 

Em minha experiência como capelão hospitalar e conselheiro, tive que aprender a usar todos os recursos que Deus colocou diante de mim. No inicio, em minha inocência pastoral pensava que a bíblia, a oração e um pouco de disciplina devocional era o único remédio para as crises das pessoas.  Em minha clínica de aconselhamento, recebo pessoas de varias denominações e posições teológicas, onde escuto pessoas frustradas, ansiosas e decepcionadas com o poder de Deus.

Elas oravam desesperadamente, e não podiam ver uma resposta ou solução para os mesmos. Usavam de toda tipo de disciplina da fé, mas sem resultados. Todos buscavam seguir a orientação de seus pastores, que em seu aconselhamento resumiam seus problemas complexos, através de uma receita ou varinha mágica, receitando uma “aspirina espiritual”, um versículo mágico, uma oração de poder e mágica, assim davam como encerrada a sessão.

Respostas como:Deus conhece seu problema”, “tenha paciência”, “confesse seus pecados”, “Deus proverá”, ” ele é um Deus que cura e faz milagres”, “é a vontade de Deus”, “este sofrimento é para bendição”, “para receber  é necessário tomar posse e ter fé” e tantas outras palavras mágicas. Fora aqueles que receitam os óleos ungidos, os travesseiros ungidos e sobre tudo a penitencia de uma oferta generosa para receber a cura e a prosperidade.

É uma pastoral que faz da palavra de Deus uma porção mágica que soluciona todos os problemas. Usamos nossa pastoral como uma vareta mágica, criando culpas, esperanças e expectativas falsas.

Quero deixar bem claro, que creio no Deus Todo poderoso, Oniciente,Onipotente,Onipresente e sobretudo um Deus SOBERANO. Creio que a Bíblia é a PALAVRA DE DEUS.  Creio no Poder da Oração, creio que DEUS TEM PODER PARA CURAR E PROVER TODAS AS NOSSAS NECESSIDADES.

O que não creio é na manipulação da vontade de Deus, de sua palavra e da oração. Não creio  em uma TEOLOGIA MÁGICA.

Como capelão, dentro de um hospital já vi muita gente ser curadas de doenças incuráveis, já vi muitos milagres de Deus na minha vida e de outros. Já orei por pessoas que pediam para orar pela cura e foram curadas. Não tenho nenhuma dúvida do poder de Deus.

Entretanto do outro lado da moeda, vi muita gente que desesperadamente buscavam a cura de sua enfermidade ou de um filho/a, um familiar. Vi essas pessoas buscando com muito fervor e fé a presença de Deus. Suas vidas eram exemplares como filhos de Deus, muitos poderíamos dizer eram fieis em tudo diante de Deus. Mas a cura não chegou, a enfermidade os levou a morte, sofreram a dor física, emocional e espiritual, sofreram a perda de um ser querido.

Muitos sofreram com uma promessa de irmãos e pastores que declaravam sua cura em nome de Jesus.  Lembro-me de um capelão , que afirmou para a mãe de uma criança que estava gravemente enferma, que Deus tinha revelado a ele, que aquela criança seria curada para a Gloria de Deus e seria um servo de Deus. Naquela noite aquela criança veio a falecer. A mãe perguntava: Onde está Deus? O que passou com a revelação da capelão?

Tenho visto dois tipos de reação diante da dor, uma são aqueles que desesperadamente buscam toda disciplina espiritual para alcançar a cura. Repetem, afirmam a cura desesperadamente até o último momento. São pessoas que sofrem emocionalmente e acabam frustradas e desiludidas com Deus, por causa de uma teologia enferma. Outro grupo são aqueles que negam a realidade, reprimem seus sentimentos mais íntimos e sentem-se incômodos em admitir o fracasso, porque para eles um crente não pode sentir-se angustiado, desiludidos, decepcionado, ansioso, enfim não tem direito de expressar seus verdadeiros sentimentos. Em vez de enfrentar seus problemas, buscam maquilar estes usando um linguajar espiritual ou teológico e um comportamento ilusório de satisfação ou contentamento. Quando reprimimos nossos reais sentimentos, o tempo vai nos passar a fatura. São como bombas do tempo, a repressão de seus sentimentos, a culpa falsa acumulada e muitas vezes alimentada por seus pastores desde púlpito ou pessoalmente com expressões como: “si Deus não te cura é por causa de um pecado oculto ou falta de fé”, provocando sentimentos de fracasso espiritual.

Meu querido leitor, o sofrimento, a dor, a enfermidade e a morte, fazem parte da vida, depois da caída do homem, vivemos em um mundo imperfeito. Deus não é um Deus que escolhe a sua revelia uns para sofrer e outros não, nosso Deus jamais vai provocar uma doença para nos levar a ter uma experiência. Deus não escolheu você, seus pais, filhos o irmão para ter um câncer, sofrer um acidente, nascer com uma paralisia cerebral, ficar tetraplégico em um acidente ou qualquer outra enfermidade. É verdade, que sim Deus pode transformar suas limitações e sofrimentos em bênçãos para sua vida e de outros. O sofrimento fez parte da vida de homens que serviam a Deus com lealdade, Jó é a prova de que o sofrimento não é consequência do pecado, Paulo sofreu de uma enfermidade por toda sua vida, ainda que pedisse para ser curada, a resposta do Senhor foi: “Minha graça é suficiente”. Pedro foi crucificado de cabeça para baixo, os crentes primitivos no império romano, foram queimados vivos em pleno estádio, ainda hoje muitos de nossos irmãos são torturados por seguir a Cristo. Cristo sofreu no Getsêmani   e foi crucificado.

Às vezes me pergunto se temos o direito de pedir mais bênçãos, quando tantos sofrem inocentemente. É verdade, Deus pode curar mais isto é uma  ação sua graça e misericórdia.

A Cura final, vamos encontrar só na eternidade.

“o próprio Deus estará com eles e será o seu Deus. Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou”.(Apoc. 21:3,4)

 Odenir Figueiredo Jr.

Capelão e Coach

 

 

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

w

Conectando a %s