Estou ansioso, hoje e día de jogo!

Escutei certo dia que um pastor em sua mensagem ensinava que a “Ansiedade era um Pecado”, a maneira como a pessoa me descrevia a total resistência do mesmo a aqueles que nao concordavam com ele e que afirmavam que a ansiedade era um “sentimento”, me levou a pensar que aquele pastor estava muito ansioso em afirmar que ansiedade era um pecado. Não quero fazer juízo do pastor, afinal não sei em que contexto e qual era sua interpretação teológica da ansiedade.
A ansiedade é em muitas circunstancias uma resposta normal que se produz em uma pessoa, quando a mesma sente ou percebe uma possível ameaça. Sua função é nos proteger desta ameaça, fazendo que possamos evitar tal situação, e podamos correr ou lutar.
Existe uma ansiedade natural e positiva e existe outra que é patológica que produz o que chamamos os “Transtornos de Ansiedade”. Dizem que a maneira como pensamos ou encaramos certa situação, é que vai determinar a intensidade de nossa ansiedade.
Na Bíblia encontramos uma série de versículos que nos incentiva a entregar este sentimento e pensamentos que produz ansiedade, a nosso Deus que cuida e é Soberano sobre todas as coisas. Quando assim fazemos, sua paz guardará nosso coração e nossa mente em Cristo.
Quando Jesus disse: “25 ”Portanto eu lhes digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir”“. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa?
34 Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada día o seu próprio mal. (Mateus 6: 25,34)
“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus”. 7 E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus. “(Filipenses: 4: 6,7)”.
“Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.” (1 Pedro 5:7).
Em todos estes versículos não encontramos a ansiedade como um pecado, mas sim como parte da natureza humana e que podemos trabalhar direcionando estas ansiedades que nos escraviza e enferma, para as mãos de Deus.
Não fique atormentado por sua ansiedade natural, ela é parte de sua resposta a circunstancias onde não temos nenhum controle.
Neste exato momento estou “ansioso”, às 9:00 horas a seleção brasileira joga contra Costa Rica, não tenho controle sobre essa partida, confio na seleção, mas não posso controlar esta ansiedade. Terei que conviver com ela até o final da partida. Este tipo de ansiedade, assim como vamos a um lugar desconhecido, ou estamos esperando um resultado de um exame médico, ou quando estamos esperando um filho que esta na sala de cirurgia, é normal, o único que não podermos permitir é que estes sentimentos paralisem nossas vidas ou nos leve ao pânico.
A ansiedade é natural, quando estamos torcendo por nosso time de futebol , se transforma em pura adrenalina, quando estamos diante de um desafio, se transforma em um estado de alerta, atenção e motivação para superar os obstáculos.
Existe também uma ansiedade espiritual, a que nos convida e motiva a confiar em Deus e fazer sua vontade. É uma ansiedade que se transforma em um desejo ardente de estar em harmonia com Deus.
Não tenha medo de sua Ansiedade, não permita que a mesma controle e paralise sua vida, mas sim transforme esta em pura adrenalina para dar o melhor de ti e exercitar sua fé.

Odenir Figueiredo Jr.
Capelão e Coach

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s